Cartuchos Cheyenne.

Durante a evolução da história da tatuagem, foram utilizados diversas formas de agulhas, que sofreram alterações conforme o avanço tecnológico, vale lembrar que diversos materiais foram utilizados para inserir o pigmento na pele, desde ossos de animais afiados, á aquelas feitas com bambu e pedaços de madeira, até chegar aos dias atuais onde dispomos de variados modelos.

Para realizar uma tatuagem com excelência, alguns fatores devem ser levados em consideração para obter um bom resultado, a técnica e experiência do tatuador contam muito, mas a qualidade da tinta, as máquinas utilizadas e as agulhas, são itens que farão total diferença no trabalho.

É de suma importância que o tatuador saiba escolher com precisão que tipo de cartucho utilizar durante o procedimento de tatuagem, para cada estilo e preenchimento, existe um modelo mais adequado que auxiliará a tornar o resultado melhor.

Esses modelos de cartuchos podem alterar em alguns fatores, como comprimento da ponta, espessura, número de agulhas soldadas e disposição de soldagem de cada uma, são fatores que devem ser levados em consideração para obter a definição do traço desejado.

A utilização do modelo correto auxiliará o tatuador a ganhar tempo e proporciona uma maior qualidade de cicatrização após o trabalho, gerando mais conforto para o cliente.

Como escolher um modelo de cartucho ideal?

A espessura é um dos fatores de suma importância na hora de escolher. Agulhas mais finas geralmente são indicadas para trabalhos mais delicados e preenchimentos leves, como pontilhismo e sombreamento, pois injetam menos tinta e geram mais controle na quantidade de pigmento aplicada na pele. Já agulhas com maior espessura injetam mais pigmento na pele a cada perfuração.

No nosso site possuímos números de espessura 8,10, 12 e 14. Os modelos mais utilizados no mercado brasileiro são os cartuchos 12 que possuem espessura de 0,35mm e são indicadas para preenchimento, pois aplicam uma quantidade maior de pigmento na pele. Já os cartuchos 10, com espessura de 0,30mm, são mais usadas para traçar e para trabalhos delicados.

Outro fator importante a se levar em consideração é a ponta ou taper que é a distância da ponta até a agulha atingir sua espessura total. Isto é o que definirá com que facilidade a agulha penetra na pele e a quantidade de tinta inserida.

Uma agulha com a ponta curta abre um maior buraco na pele, causando consequentemente uma lesão maior, porém com mais velocidade de pigmentação. É indicada para trabalhos realistas, blackworks, boldlines, orientais, entre outros.

Já as agulhas de ponta longa possuem a capacidade de penetrar mais suavemente na pele, causando uma lesão menor. As pontas longas são indicadas para trabalhos mais detalhados e suaves, como realismo, aquarela, fineline, entre outros.

Modelos

Além de levar em consideração a espessura e o comprimento da ponta da agulha, existem alguns modelos diferentes que são adequados para cada trabalho específico, alguns destes disponíveis em nossa loja são:

Cartuchos Craft: Disponíveis em 19 configurações populares com sistema inteligente, permite a troca dos cartuchos com rapidez e segurança.

E os Cartuchos Safety: Patenteado com uma membrana de segurança garante uma operação higiênica e efetiva, eles estão disponíveis em 56 diferentes configurações.

Apresentados nos seguintes grupos de configurações:

Liner: São as mais utilizadas pelos tatuadores, são indicadas para traços.

Magnum: Este modelo de configuração apresenta diversas agulhas soldadas entre si de forma curvada, por ser mais elaborada pode ser utilizado para sombreamento suave, detalhes e preenchimento colorido.

Shander (RS ou Bucha): São soldadas até cerca de 5 a 6 mm da ponta, este modelo pode compactar de 5 a 15 agulhas, indicado para pintura mais pesada e sombreamento.

Flat: São agulhas soldadas de forma linear, que a solda pode chegar até 5mm antes da ponta, são recomendadas para pinturas e acabamentos.

Power: Possui as mesmas funções da Liner, com o diferencial que são mais grossas.

Conhecer os modelos fará total diferença na aplicação do trabalho do tatuador e no resultado para o cliente. Lembre-se de estar atento a todas as normas de segurança e siga as recomendações de higiene:

Os cartuchos são descartáveis e jamais devem ser reaproveitadas;
Sempre abra os cartuchos na frente do cliente, isso aumenta a sua credibilidade;
O descarte precisa ser feito em logo após o uso em caixas para materiais perfurocortantes;
Os cartuchos sofrem desgastes após 2 horas de trabalho, por isso é importante realizar a troca quando estiver realizando trabalhos mais longos, isso irá garantir a integridade da pele e aumenta a eficiência da aplicação de tinta.

Gostou deste artigo? Saiba mais em https://tattooloja.com.br/blog.